F

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

{SEMANA DO OSCAR} - Wi-Fi Ralph - Quebrando a Internet


Wi-fi Ralph - Quebrando a Internet (2019)

Hoje não vamos falar de filmes cults indicados, mas sim das animações que também tem seu espaço na premiação.

Pixar e Disney tem um histórico longo de sair vencedora na categoria de Melhor animação, porém nenhuma das duas gigantes da animação tem muita sorte com sequências, o que é o caso de Wi-fi Ralph.

Indicado às categorias:
Melhor Filme de Animação



Sinopse: Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a world wide web, no universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos "cidadãos da Internet" e de Yess, a alma por trás do "Buzzztube", um famoso website que dita tendências.

Vamos falar dessa animação em si que teve seu primeiro filme Detona Ralph lançado em 2013 e foi estrondoso pela nostalgia e a temática de Games em seu enredo. Nesta sequência a Fórmula muda um pouco em vez da nostalgia o filme nos pega por referências do mundo da internet.

A história é bem fraca e o que é legal mesmo é como a internet é retratada na animação. O enredo me pareceu bem cheio de “encheção de Linguiça” pois se resumir mesmo tudo poderia ser resolvido em 30 minutos de Filme. Vou dar o mérito que se trata de uma sequência e se esperava muita dela e também por ser um filme infantil.

Agora pontos positivos do Filme é a como ele lida com questões adultas como a fato da insegurança do Ralph e como isso pode acabar em uma relação tóxica e abusiva. Fatos de que Ralph é acomodado com sua vida simples e repetitiva, já Vanellope vem de um outra geração que gosta de coisas novas e experiências diferentes. Não quero dar muito Spoiler sobre essa animação.

Todo filme tem problemas e esse não é diferente, mas ainda sim vale a pena ver com as crianças, pois nós adultos podemos ver a história com olhos mais atentos a temas sérios além das referências.
 Você Já viu essa animação? O que achou, conta aqui para nós.
Se não viu, arruma um tempinho e vai ver para relaxar, dar risadas com essa animação Pipoca e depois volta aqui pra me dizer o que achou.
Forte abraço.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

{ESPECIAL DO OSCAR} Nasce uma Estrela (2018)


Nasce uma estrela
                                                                                        10/10

Iniciando nossa semana sobre os principais indicados ao Oscar 2019, vamos começar pelo divo Nasce uma estrela para o qual eu não esperava muito e me tirou muitas lágrimas e me deixou  plenamente satisfeita com essa obra visual e musical, mas entre nós aqui não podia esperar menos da Rainha Lady Gaga que já deu um show em American Horror Story: Hotel (2015).

Indicado às categorias:

Melhor filme
Melhor Canção Original por “Shallow”
Melhor Mixagem de som (Steven A. Morrow)
Melhor ator (Bradley Cooper)
Melhor Atriz (Lady Gaga)
Melhor Ator Coadjuvante (Sam Elliott)
Melhor Roteiro Adaptado (Eric Roth)
Melhor Fotografia (Matthew Libatique)




Sinopse: Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber algo. É quando conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la debaixo de suas asas. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.

Nasce uma estrela teve quatro versões: 1937 estrelado por Janet Gaynor,1954 estrelado por Judy Garland,1977 foi o memorável casal  Barbra Streisand e Kris Kristofferson que trouxe os Holofotes e agora em sua quarta encarnação com Lady Gaga e Bradley Cooper.




Estrelado e dirigido por Bradley Cooper e com músicas autorais como “Shallow” encheu os olhos e ouvidos garantindo a Lady Gaga um Grammy pela música este ano.

Sobre o filme, essa versão da clássica história de amor no mundo musical onde o título sutil traz uma reflexão sobre os acontecimentos dentro desta indústria, o fato é que a versão de Bradley trouxe uma crítica mais pesada sobre os vícios em drogas e álcool. O final desta história também é diferente das outras versões. Na minha humilde opinião fez todo o sentido com a proposta apresentada durante todo o percurso narrativo.

Sinceramente esse filme tem uma carga dramática e sentimental capaz de mexer com sentimentos de qualquer um. Recomendo este filme de coração de tão bom que ele é, mesmo tendo um roteiro clichê e uma história já contadas diversas vezes Nasce uma estrela trouxe pra mim uma identidade visual e história marcante.

Não posso nem falar que Lady Gaga arrasou nesse papel, ela deu tudo de si em mais essa performance, ótimo desempenho musical de arrepiar o filme inteiro, uma impecável atuação que estou aqui torcendo para levar o Oscar Melhor atriz que será merecidíssimo.

Se você ainda não viu esse filme está esperando o que? Corre pra ver.
Se você Já viu deixe aqui seu comentário contando sua opinião.
Forte abraço




sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Sobre Amores e Amizades – Resenha de Unicórnio



Autor: Bruno Jovovich
User: @BrunoJovovich
5 Capítulos
Wattpad
Sobre o livro:

A história de amizade de Rafa e Maicon. Um clichê adolescente/colegial com o foco na amizade entre dois garotos.

~ Escrito em 5 capítulos.
~ Recomendando para maiores de 14 anos.
~ Capa feita por @MatheusRAssis

Minha Opinião:
           
                Dizem que quando a pessoa namora, se afasta ou perde dois amigos, o que parece ser uma bobagem, ou até mesmo ridículo, porém é o que o Rafa está vivendo, ele não encontrou o amor, ele perdeu o amigo, não qualquer amigo, mais o melhor o seu BFF, desde pequeninho, um vivia na casa do outro, um tinha roupas na casa do outro, porém tudo isso se foi quando Maicon começou namorar.
            Rafa perdeu seu único amigo, perdeu uma palavra forte, mas foi o que acabou acontecendo com esse afastamento, aos pouco a dupla virou um trio, e depois um dupla de novo, só que com ele de escanteio e com esse afastamento Maicon se mostrou um verdadeiro babaca. Porém seu caminho não seguiria sozinho, graças a o burro da sala, digamos assim, Breno era o seu nome, um novo amigo e quem sabe um novo amor? A principio ele não gosta do Breno, sabe aquela velho frase nunca julgue um livro pela aparência ela se encaixa perfeitamente aqui.
            Um livro com uma linguagem fluida, intima e bem jovial, te conquistara de primeira, não é um romance, é uma estória sobre amizade. Talvez te faça lembrar da sua época de escola, ou não, é um livro que tem uma certa pegada de humor.
            Quando você começa, não quer parar enquanto não terminar, te prende do começo ao fim, curto, 5 capítulos apenas, ideal para os mais jovens, ou para qualquer pessoa que quer dar um respiro em suas leituras mais densas, esse começo de ano estou dando muitas dicas assim, e essa é mais uma para lista.
             E assim termino essa resenha, curta, para um livro curto, fofo, divertido, que fala como o titulo diz, amores, amizades, tudo de uma forma leve e divertida.

Redes Sociais:

Instagram: Bruno Jovovich
Facebook: Bruno Jovovich
Wattpad: @BrunoJovovich

Beijão, até a próxima
MaLê


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

{EXPERIÊNCIA LITERÁRIA} Crônicas de Gelo e fogo - Livro 1


A Guerra dos Tronos - Cronicas de Gelo e Fogo
George R. R. Martin
Editora Leya
Nota 3 / 5 ✩'s

Sinopse


Em A guerra dos tronos, o primeiro livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin - considerado o Tolkien americano - cria uma verdadeira obra de arte, trazendo o melhor que o gênero pode oferecer. Uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. Cada um esforçando-se para ganhar este conflito mortal: a guerra dos tronos. Mistério, intriga, romance e aventura encherão as páginas deste livro, agora também um blockbuster da HBO!



Experiencia literária


Bom, resolvi fazer esse post de experiencia literarária porque eu realmente não terei capacidade alguma de fazer uma resenha sobre esse livro, então vou contar como foi ler esse livro.

Eu sempre tive vontade de ler essa saga, apesar de ter tentado outras 3 vezes, nunca passava dos primeiros capítulos. Não sei dizer se era porque a escrita era difícil, ou pelo fato de cada capitulo ser narrado pela visão de um personagem e o livro meio que não ter uma sequencia porque eu tô lá na muralha e do nada vou pro deserto dos Dotrakis e depois vou pra Porto Real, então isso me incomodava muito.

Mas ai eu tomei a iniciativa de conversar com a Lua para fazer uma leitura coletiva dessa saga e tô tentando me manter firme nela e finalmente consegui terminar o primeiro livro!!!

As dificuldades na leitura foram muitas. Eu nunca li uma fantasia tão pesada e tão grande, com tantos elementos e personagens. O fato da linearidade e das narrativas me mataram o livro todo. Eu sempre me perdia entre um capitulo e outro e ficava pensando “ah, agora é Bran, mas onde ele tava antes?” e foi assim o livro todo. Sem contar que o livro é muito chato, foi difícil pra terminar e pra engolir alguns personagens (Ned, seu bicho ruim).

Porém, nem tudo é ruim! Eu adoro os capítulos em que a Daenerys aparece! E as mulheres do livro são todas tão inteligentes, políticas e maravilhosas. Mas as vezes os capítulos delas são cheios de nada.

Realmente, ler esse livro foi um desafio, eu falei que ia ler e ia entender e consegui. Agora, eu tô na metade do segundo livro e tá tudo bem melhor e mais fácil, agora a leitura ta mais legal.

Me conta, você já leu GOT? vamos conversar!!