segunda-feira, 16 de setembro de 2019

{LISTA} - Livros com personagens Bissexuais!


Olá brilhinhos, tudo bem com vocês? Como estamos no mês da visibilidade Bissexual, eu resolvi trazer alguns livros que eu conheço e sei que tem personagens bi! Nem todos eu tive a oportunidade de ler ainda, mas vale a pena ler e a gente pode trocar figurinhas nos comentários também!

Esse post teve ajuda do Cadê LGBT, uma iniciativa que surgiu de mim e da Maria, porque a gente queria se encontrar nos livros. Pra conhecer o nosso trabalho, cê pode seguir a gente no Twitter e também no Blog que é uma catálogo de livros LGBTQIA+. Bora lá então!


Sempre estive aqui - Maria Freitas



Sempre estive aqui conta a história de amor de Karin e Thiago. 

Ela sempre quis encontrar um grande amor. Ele sempre amou Marcela, sua ex-mulher. Eles nunca se notaram, mesmo trabalhando no mesmo prédio e frequentando os mesmos lugares. Até uma chuva, um acidente de carro e uma viagem à Acapulco.

Agora, Karin está a um passo de viver o amor que sempre sonhou, mas Thiago esconde um segredo que pode estragar tudo. Será que é tarde demais?



Quando Fernando Morreu - Beatriz Lucio



Virgínia amou Fernando por quase vinte anos de sua vida. Ele era seu companheiro. Seu marido. Seu amante. O pai de sua filha. Com a morte dele, tudo desmorona. Os alicerces que a mantinham segura caem por terra. Antigos medos retornam para atormentá-la. Enfrentar um dia após o outro parece impossível, quando não se consegue enfrentar nem o que você realmente é.



Conectadas - Clara Alves



Raíssa e Ayla se conheceram jogando Feéricos, um dos games mais populares do momento, e não se desgrudaram mais ― pelo menos virtualmente. Ayla sente que, com Raíssa, finalmente pode ser ela mesma. Raíssa, por sua vez, encontra em Ayla uma conexão que nunca teve com ninguém. Só tem um “pequeno” problema: Raíssa joga com um avatar masculino, então Ayla não sabe que está conversando com outra menina.
Quanto mais as duas se envolvem, mais culpa Raíssa sente. Só que ela não está pronta para se assumir ― muito menos para perder a garota que ama. Então só vai levando a mentira adiante… Afinal, qual é a chance de as duas se conhecerem pessoalmente, morando em cidades diferentes? Bem alta, já que foi anunciada a primeira feira de Feéricos em São Paulo, o evento perfeito para esse encontro acontecer.
Em um fim de semana repleto de cosplays, confidências e corações partidos, será que esse romance on-line conseguirá sobreviver à vida real?



Autômato - Marco Barbieri e Will Nascimento



Num mundo de vaidosos, os menos abastados precisam fazer sua parte para garantir a concentração de recursos no Núcleo. O jovem provinciano Simas, cuja maior ambição é não precisar carregar nos ombros o fardo do que restou de sua família após as tragédias do passado, tenta apenas fornecer o que lhe é cobrado.

Tudo promete mudar com mais um fim de ciclo anual. É uma época muito aguardada, pois traz aos provincianos uma chance de serem resgatados e se integrarem ao Núcleo. Dizem que há uma vida de oportunidades lá, embora ninguém tenha retornado para descrevê-las. Ao contrário dos demais, Simas prefere permanecer invisível e não apostar no desconhecido. No entanto, algo dará errado desta vez, e logo ele perceberá que tinha razão em se resguardar. O Núcleo precisa de material descartável para seu mais novo modo de entretenimento: um jogo em que pessoas reais perdem seu livre-arbítrio e são vendidas como personagens usados em realidades virtuais. Simas descobrirá um universo novo e perverso, despertará a atenção de inimigos poderosos e tentará conquistar o apoio de um aliado improvável. Ele precisará, acima de tudo, criar sua própria maneira de jogar se quiser recobrar a liberdade e sobreviver.



As Razões de Henrique - Maria Freitas



Quando o adolescente bissexual Henrique se mudou para Santa Maria Madalena, não imaginava que, naquela cidade do interior de Minas Gerais, se encontraria e se perderia tantas vezes.

No despertar de suas primeiras paixões, terá que descobrir quem é, antes de abrir seu coração para um grande amor.

Uma história sobre amizade, descoberta e aceitação.

O livro é um Spin Off de As Razões de Cris



Isaac - Alan Silva



15 de agosto de 1997. – Sexta-feira, o dia em que tudo começou.

[...] Ele é um monstro, eu não aguento mais isso. [...]

Antes de ler as cartas de Isaac, vou lhe deixar um aviso: Esteja preparado.

Às vezes, é preciso voltar alguns parágrafos na nossa vida para entender a nossa história.

Meu nome é Isaac, o meu tempo está acabando, eu sinto isso. E antes de dizer Adeus eu queria que você soubesse que eu fui feliz, que eu vivi. Moro em uma cidade pequena, com um parque destruído, uma cópia do cristo redentor, uma escadaria no meio de morros, uma ponte em cima de um trilho de trens que levam a lugares ainda desconhecidos por mim.
Nem sempre estou aqui, na maioria das vezes estou pensando no destino das pessoas, as vezes estou viajando, mas sem destino nenhum. Outras vezes estou sonhando, principalmente com o futuro, um futuro incerto, imprevisível, totalmente mutável. Eu queria poder não acreditar no destino, mas ele resolveu jogar comigo e dessa vez não me explicou as suas regras.

Um livro que ensina o básico da vida: Sobreviver. O livro cresce conforme Isaac vai amadurecendo, tantos seus pensamentos, quanto a sua forma de se comportar. Uma história de amor, respeito e perdão.

Descubra como um garoto de dez anos seguiu o sonho de ser escritor, e as dificuldades que ele teve ao longo do caminho, mergulhe nas cartas de Isaac, e tente não se afogar em lágrimas.

Lembre-se: Eu te avisei.



Leah Fora de Sintonia - Becky Albertalli



Sequência do sucesso Com amor, Simon

Leah odeia demonstrações públicas de afeto. Odeia clichês adolescentes. Odeia quem odeia Harry Potter. Odeia o novo namorado da mãe. Odeia pessoas fofas e felizes. Ela odeia muitas coisas e não tem o menor problema em expor suas opiniões. Mas, ultimamente, ela tem se sentido estranha, como se algo em sua vida estivesse fora de sintonia. No último ano do colégio, em poucas semanas vai ter que se despedir dos amigos, da mãe, da banda em que toca bateria, de tudo que conhece. E, para completar, seus amigos não fazem ideia de que ela pode estar apaixonada por alguém que até então odiava, uma garota que não sai de sua cabeça.

Nesta sequência do sucesso Com amor, Simon, vamos mergulhar na vida e nas dúvidas da melhor amiga de Simon Spier. Em um livro só dela, mas com participações mais do que especiais dos personagens do primeiro livro, vamos acompanhar Leah em sua luta para se encontrar e saber com quem dividir suas verdades e seus sentimentos mais profundos.
Em Leah fora de sintonia, Becky Albertalli mostra por que é uma das vozes mais importantes e necessárias de sua geração. Sem nunca soar didática, a escritora lança mão dos mesmos ingredientes que tornaram Com amor, Simon um sucesso mundial: a leveza, o senso de humor, a representatividade e a certeza de que vale a pena contar histórias sobre jovens que podem até estar perdidos, mas estão determinados a encontrar seu caminho.



Minha Versão de você - Christina Lauren



Há três anos a família de Tanner Scott se mudou da Califórnia para Utah, fazendo com que sua bissexualidade voltasse para o armário. Agora, com apenas mais um semestre até o fim das aulas no colegial e seu tão sonhado futuro em uma universidade longe da família, ele só deseja que o tempo passe mais depressa. Quando Autumn, sua melhor amiga, se inscreve na aula de escrita e o desafia a participar, Tanner não consegue recusar o convite, afinal de contas, quatro meses é tempo mais do que suficiente para escrever um livro, certo? o garoto está mais certo do que imagina, pois leva apenas um segundo para que ele note Sebastian Brother, o prodígio mórmon que, nas aulas de escrita do ano anterior, escreveu e publicou o próprio livro, e agora orienta a turma. Se quatro meses é muito tempo, um mês pode não ser. E é exatamente esse tempo que leva para Tanner se apaixonar por Sebastian. Mais uma vez assinando como Christina Lauren, Christina Hobbs e Lauren Billings (The House) abordam religião, identidade e sexualidade, entrelaçando perfeitamente as aulas de escrita de Tanner, sua paixão por Sebastian e os problemas surgidos quando os sentimentos de Sebastian entram em conflito com o que a igreja 
espera dele.



O Guia do Cavalheiro para o vicio e a Virtude - Mackenzi Lee



Uma aventura romântica do século XVIII para a era moderna. Simon versus a Agenda Homo Sapiens encontra os anos 1700 Henry "Monty" Montague nasceu e foi criado para ser um cavalheiro, mas nunca foi domado. Os melhores internatos da Inglaterra e a constante desaprovação do pai não conseguiram conter nenhuma das suas paixões – jogos de azar, álcool e dividir a cama com mulheres e homens. Mas agora sua busca constante por uma vida cheia de prazeres e vícios está em risco. O pai quer que ele tome conta dos negócios da família. Mas antes Monty vai partir em seu Grand Tour pela Europa, com a irmã mais nova, Felicity, e o melhor amigo, Percy – por quem ele mantém uma paixão inconsequente e impossível. Monty decide fazer desta última escapada uma festa hedonista e flertar com Percy de Paris a Roma. Mas quando uma de suas decisões imprudentes transforma a viagem em uma angustiante caçada através da Europa, isso faz com que ele questione tudo o que conhece, incluindo sua relação com o garoto que ele adora.


Estamos Bem - Nina LaCour



Marin deixou tudo para trás. A casa de seu avô, o sol da Califórnia, o corpo de Mabel e o último verão agora são fantasmas que ela não quer revisitar. O retrato de uma história em que já não se reconhece mais. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida.


BÔNUS - Escritora Olivia Pilar



A Olívia foi uma baita surpresa, conheci ela por acaso, mas acho o trabalho dela incrível, ela escreve sobre mulheres negras e bissexuais e isso é tudo! Um dia quero ler tudo dela! 


Bom, esse foi o post de hoje! Comenta aqui quais outros livros Bis você conhece e autorxs também são bem vindos! 


14 comentários:

  1. Estamos bem é o único que já li, gostei muito. O guia do cavaleiro infelizmente não rendeu pra mim, achei bem lento. Quero muiiiito ler Minha versão... Espero que consiga logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos bem eu quero muito ler tambem!
      Minha versão eu já li e é muito fofinho e super fluido, uma gostosura de ler

      Excluir
  2. Olá!
    Eu estou com tanta vontade de ler Conectadas. *-*
    Algumas de suas dicas eu não tinha visto ainda, mas já deixei anotada aqui para ler em algum momento.

    Silviane Casemiro
    Blogueiras Cansadas@Blogueiras.Cansadas

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem? Acho bem legal fazer uma lista de livros sobre o tema principalmente para quem está iniciando nesse universo. As vezes não conhecemos alguns autores ou mesmo não sabemos da existência de alguns títulos. Dos que você indicou só conhecia Conectadas mas já anotei os outros. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Até que reconheci boa parte dos livros! Eu encontrei um personagem bissexual na série hot/sobrenatural Irmandade da Adaga (quem leu sabe de quem estou falando), e achei interessante ele simplesmente estar lá e ser quem é sem a história fazer alarde disso. Muito boa a lista!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa que legal, achei interessante a dica, vou procurar saber mais!
      Obrigada <3

      Excluir
  5. Olá, tudo bem Bianca?

    Eu particularmente não pego um livro por ter um personagem homossexual, heterossexual ou bissexual, mas sei que muitas pessoas gostam de ler por causa de determinado personagem. Eu pego o livro que quero ler independente da opção, orientação sexual, religiosa ou política. Busco livros que são bons independente desses fatores, mas achei super legal a sua publicação por especificar onde o leitor pode encontrar personagens bissexuais na literatura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda certeza você não precisa se sentir representado, até porque os livros tão cheios de pessoas brancas e heteros, a gente precisa se sentir representado, pra saber que a gente não ta sozinho. Reflitamos.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Eu amei esse post, estou querendo ler mais livros com essa temática e com toda a certeza irei adicionar esses na minha listinha!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? AAA que amor ler essa lista! Adoro o trabalho de vocês, acompanho pelo twitter. Eu tô pra ler o último livro da Maria, comprei ontem de graça <3 E também Conectadas, que tá pra chegar, também comprei ontem pelo Prime! Tô pra ler Minha versão de você há tempo, mas continua na minha biblioteca. Por causa do #LeiaComOrgulho, agora eu tenho mais uns 20 livros pra ler e tá cada vez mais difícil gerenciar hahaha. Estamos bem é lidinho e triste ao mesmo tempo, adorei quando li. Adorei o post, muito necessário!

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu post! Ainda só li "estamos bem". Posso indicar também? hahaha recomendo "rainhas geek". Esse livro foi uma das melhores leituras para mim. E aliás, adorei as dicas! Já estou anotando todas <3

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  9. obgd pela lista, tem um livro q eu li recentemente em que a personagem não se diz bi, mas ao longo da história a gente percebe q ela é, é um livro sobre um assasinato, se chama garotas como nós, é bem legal, recomendo

    ResponderExcluir

Visitas!

Quem você quer ler?!

Instagram